Top
10 Fatos Surpreendentes sobre Aeronaves que Você Precisa Conhecer – Portal Safe
fade
2980
post-template-default,single,single-post,postid-2980,single-format-standard,wp-custom-logo,eltd-core-1.2.2,flow-ver-1.8,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,wpb-js-composer js-comp-ver-6.10.0,vc_responsive

10 Fatos Surpreendentes sobre Aeronaves que Você Precisa Conhecer

10 Fatos Surpreendentes sobre Aeronaves que Você Precisa Conhecer

Compartilhamos alguns desses fatos fascinantes da aviação.

  • A primeira aeronave motorizada bem-sucedida foi o Flyer I, construído pelos irmãos Wright em 1903. Com uma envergadura de apenas 12 metros, o Flyer I planador motorizado, foi catapultado e voou pela primeira vez em Kitty Hawk, Carolina do Norte, e percorreu uma distância de 36 metros em apenas 12 segundos. O 14-bis, também conhecido como Oiseau de Proie (francês para “ave de rapina”), foi um avião construído pelo inventor brasileiro Alberto Santos Dumont que em 12 de novembro de 1906 conquistou o Prêmio Archdeacon e o Prêmio do Aeroclube da França ao realizar um vôo de 220 metros em Paris tendo decolado e pousado exatamente como as aeronaves atuais, além de ter sido o primeiro avião de concepção Canard.

 

  • O avião mais rápido do mundo é o Lockheed SR-71 Blackbird, capaz de atingir velocidades superiores a Mach 3.2 (aproximadamente 3.540 km/h). Projetado na década de 1960 para voar em altitudes extremamente altas e realizar missões de reconhecimento, o SR-71 ainda mantém o recorde como o avião mais rápido já construído.

 

  • O Airbus A380 detém o título de maior avião de passageiros do mundo. Com capacidade para transportar até 853 passageiros em uma única classe, o A380 é uma maravilha da engenharia moderna. Seus quatro motores enormes e sua envergadura impressionante o tornam uma visão impressionante nos céus.

 

  • O primeiro voo transatlântico sem escalas foi realizado por Charles Lindbergh em 1927, a bordo do Spirit of St. Louis. Lindbergh voou sozinho da cidade de Nova York a Paris em um voo histórico que durou 33 horas e 30 minutos. Sua realização foi um marco na história da aviação e abriu caminho para o desenvolvimento da aviação comercial internacional.

 

  • O Cessna 172 é a aeronave mais produzida da história, com mais de 44.000 unidades fabricadas desde que foi introduzido pela primeira vez em 1956. Conhecido por sua confiabilidade, facilidade de pilotagem e versatilidade, o Cessna 172 ainda é uma escolha popular entre pilotos de treinamento e proprietários de aeronaves privadas em todo o mundo.

 

  • O Robinson R22 é o helicóptero mais vendido do mundo, com mais de 5.600 unidades entregues desde que foi introduzido em 1979. O R22 é amplamente utilizado para treinamento de pilotos, patrulhamento aéreo, fotografia aérea e outras aplicações civis e comerciais devido ao seu baixo custo operacional e facilidade de manutenção.

 

  • O Antonov An-225 Mriya é o maior avião de carga do mundo, com uma envergadura de 88,4 metros e uma capacidade de carga de até 250 toneladas. Projetado na década de 1980 para transportar o ônibus espacial soviético Buran, o An-225 ainda é usado para transportar cargas pesadas e volumosas em todo o mundo.

 

  • O primeiro voo comercial do mundo foi realizado em 1914, entre St. Petersburg e Tampa, na Flórida, por um hidroavião Benoist XIV. O voo pioneiro durou apenas 23 minutos, mas marcou o início da era da aviação comercial e abriu caminho para o desenvolvimento das linhas aéreas comerciais que conhecemos hoje.

 

  • O Boeing 747 é a aeronave mais longa em produção contínua na história da aviação. Introduzido pela primeira vez em 1969, o 747 revolucionou o transporte aéreo internacional com sua capacidade de transportar um grande número de passageiros em longas distâncias. Embora tenha sido superado em capacidade por aeronaves mais recentes, o 747 ainda é amplamente utilizado em todo o mundo.

 

  • O Concorde foi o primeiro avião comercial supersônico a entrar em serviço, voando pela primeira vez em 1969. Capaz de viajar a velocidades de até Mach 2.04 (aproximadamente 2.180 km/h), o Concorde encurtou significativamente os tempos de viagem transatlântica, tornando-se um símbolo de status e sofisticação. Infelizmente, o Concorde foi retirado de serviço em 2003 devido a preocupações com segurança e custos operacionais.

 

Visite nosso site
Ivan Carvalho

COO SAFE Escola de Aviação Civil

No Comments

Post a Comment